terça-feira, 16 de novembro de 2010

Preconceito de Nacionalidade

Esse preconceito começa quando pessoas migram, assim se mistura estilos e culturas diferentes gerando um conflito e o preconceito.
No Brasil esse tipo de preconceito acontece com pessoas tanto de estados diferentes quanto de países diferentes que viram alvo de gozação. Quanto ao preconceito de nacionalidade por país podemos citar Portugal, que faz parte de inúmeras piadas contadas no nosso dia a dia. Um exemplo desse preconceito por estado é a Bahia, sempre que vemos algo fora do comum logo falamos que é uma coisa "baiana".
Infelizmente o preconceito de nacionalidade não acorre apenas no Brasil, Alguns países de primeiro mundo acham que os países de segundo mundo não possuem urbanização, ou se possuem é muito pouca.

19 comentários:

  1. Esse é o tipo de preconceito que não deveria existir, pois não se julga a cultura de lugares diferentes.

    ResponderExcluir
  2. Não importa se é brasileiro, português, inglês e etc o que importa é que somos todos iguais.

    ResponderExcluir
  3. Pedro Roiphe Lemos 1º em18 de novembro de 2010 21:37

    Esse tipo de preconceito chega a ser ridículo, pois temos culturas, raças etc... Diferentes se não tivesse isso seriamos todos iguais, e antes de apontar para os outros devemos ver que tem 4 dedos apontado pra você, ou seja, devemos cuidar de nossas vidas pois em quanto falamos mau de uma cultura aqui em nosso país eles podem estar falando o mesmo de nós, e se tudo isso acabasse não iria existir tanto preconceito.

    ResponderExcluir
  4. Na minha opinião falar "baiano" não é preconceito, não faz o menor sentido falar de apenas uma expressão tratando-a como algum tipo de preconceito.
    Quando se trata do preconceito de nacionalidade o que chama muito a atenção e já discutido muito em sala de aula é a questão cultural como o caso mais recente da iraniana que pode ser apedrejada por ser acusada do assassinado do seu marido. Então, se você não concorda com isso, quer dizer que isso é um preconceito?
    Questões culturais não devem ser julgados por pessoas que não a têm, pelo menos, é isso que eu penso.

    ResponderExcluir
  5. com certeza, porque independentemente da origem, cor, raça ... as pessoas merecem respeito. E o preconceito é algo ridiculo, como já diz o nome, é um pré conceito, é um conceito formado antes mesmo de haver algum conhecimento, como pode-se julgar alguém que você não conhece ?

    ResponderExcluir
  6. A maioria dos brasileiros critica os norte-americanos, apesar de estar sempre os imitando. Brasileiros sofrem de preconceito em outros países, assim como muitos estrangeiros são discriminados no Brasil. Precisamos aprender que nem todo português é burro e nem todo brasileiro é malandro.

    ResponderExcluir
  7. Gabriela Miranda da Silva22 de novembro de 2010 18:37

    acredito que jugar a alguma pessoa pela sua nacionalidade não é algo coerente no mundo como o de hoje. Afinal, o fato da pessoa ter nascido no Nordeste ou em Portugal (como citado no texto) não demonstra a honestidade, a inteligencia, o conhecimento que essa pessoa pode adquirir ao longo de sua vida e concordo com tudo o que foi escrito.

    ResponderExcluir
  8. Gabriel Araujo 2o EM22 de novembro de 2010 22:17

    quando voce diz que temos preconceito com os portugueses, fazendo piadas, insinuando burrice, discordo, pois mesmo fazendo essas piadas, ninguem acha realmente que os portugueses sao burros, quem sofre preconceito de verdade somos nos, que somos vistos como indios, na Europa existem muitas pessoas que acham que o Brasil 'e uma floresta, alem de que nas escolas americanas, aqui pertinho, na America do Norte, os alunos aprendem que a amazonia pertece aos EUA, e nao ao Brasil, entao, preste atencao quando diz que n'os praticamos o preconceito, pois n'os somos um dos povos que mais sofre preconceito em todo o mundo, pensem nisso, e vejam se sao eles mesmo que sofrem o preconceito.
    Gabriel Araujo 2o EM

    ResponderExcluir
  9. Não Devemos Pensar Só No preconceito Feito Por paulistas Contra as pessoas Que moram Na bahia ou em Regioês Próximas.Da mesma Forma Que Existem Piadas contra eles Aqui em nosso estado,Lá Eles Também Devem Fazer Diversas piadas âo Nosso respeito,Sobre Nosso jeito de falar e de levar a vida.Isso Já Se tornou Normal
    Em nosso País,Só por uma pessoa Ter um modo diferente de falar do que existe nessa região ela Já sofre preconceito .

    ResponderExcluir
  10. Laryssa de Araujo Gorato 2°EM24 de novembro de 2010 15:55

    O preconceito de nacionalidade é algo que se sente especialmente quando se vai para fora do país seja para estudo ou para turismo porque acontece com voce então deixa de ser toeria e vira realidade.A xenofobia que tambem é uma forma de preconceito de nacionalidade é muito comum as vezes por receio de que o imigrante sem instale e roube oportunidades de emprego ou o espaço do nativo em seu proprio país mas ainda sim não concordo com esse tipo de atitude pois nenhum tipo de preconceito é valido nem aceitável.

    ResponderExcluir
  11. No brasil existem muitos bairros com grande quantidade de imigrantes, como é o caso do bom retiro um bairro de são paulo, que possue muitos bolivianos que vem em busca do trabalho em confecções onde é desvalorizado e totalmente fora da lei.

    ResponderExcluir
  12. Apesar de todos os nossos defeitos temos um defeito que é enorme comparado aos outros que é julgar sem ao menos conhecermos as pessoas, as culturas, o sotaque, etc...
    Devemos pensar mais e falar menos, se uma pessoa paulista não gosta de uma outra carioca por morar no Rio de Janeiro, isso seria um preconceito, pois nem todos são iguais, assim o contrario os cariocas deveriam pensar mais e falar menos, por isso temos que respeitar cada um em seu modo de ser , de pensar e de agir.

    ResponderExcluir
  13. Podemos ser diferentes por fora, podemos falar diferente dos outros, mas o que tem por dentro não é diferente, pois para sobrevivermos necessitamos de tudo que uma pessoa, canadense, europeu, chinês, tem. Enfim somos iguais sem importar o que somos, de onde somos, e como agimos.

    ResponderExcluir
  14. Beatriz Franco Ferraresso25 de novembro de 2010 17:02

    Concordo com o Gabriel neste assunto. O preconceito que sofremos é muito maior do que o que cometemos. É claro que também há muito preconceito no Brasil, principalmente em São Paulo que é uma cidade visada como oportunidade de emprego portanto há muitos migrantes por aqui, mas acho que somos um povo muito acolhedor perto de outros. Um latino-americano que sai de seu país e tenta ganhar a vida na Europa ou nos Estados Unidos, sofre muito mais para conquistar algo do que um europeu ou um americano que vem para cá. Nós ainda temos uma cultura de achar que quem vem de lá é melhor intelectualmente e pode trazer muito mais benefícios. Por isso uma pessoa de fora que vem pra cá consegue mais facilmente alcançar um nível bom de vida, já nós, quando vamos para fora somos taxados de burros na maioria das vezes e ficamos com sub-empregos e se algum brasileiro for para fora para trabalhar em uma multinacional, por exemplo, ele não é visto como alguém que vai ajudar, mas sim como alguém que roubou o emprego de outra pessoa natural de tal país.

    Mas acho também que poderíamos trabalhar o preconceito contra nordestinos por exemplo, embora que não penso que chamar algo de ''baiano'' seja preconceituoso, já que agora isso se tornou uma expressão e enquanto isso somos chamados de índios pelo mundo afora.

    Então, o que devemos fazer é tentar enxergar o preconceito além do Brasil, pois sofremos muito mais de preconceito do que cometemos.

    ResponderExcluir
  15. este preconceito e exatamente o que alguns brasileiros tem por argentinos e americanos, por terem diferentes modos de pensar e agira sobre diferentes situaçoes o que vem da cultura de cada pais e da horigem desas pessoas

    ResponderExcluir
  16. Caique R. de Lúcia 1 E.M

    Esse tipo de preconceito existe muito , nao só aqui no brasil mas no mundo inteiro.
    O preconceito existe devido a Religião e Culturas diferentes . Oque seria normal pra um seria estranho pro outro que com isso inicia-se o preconceito.Um exemplo disso é o brasil e argentina que ambos os 2 tem preconceito um com o outro e também uma rivalidade , algumas formas de se mostra isso é pela mídia em comerçiais de tv.

    ResponderExcluir
  17. Este preconceito fica evidentente quando estamos em época de copa do mundo por exemplo em um jogo Brasil x Argentina, os brasileiros criam apelidos horriveis para os argentinos e os argentinos a mesma coisa para os brasileiros. Mesmo dentro do nosso pais temos isso quando falamos dos cearences, baianos, e gaúchos estamos subjugaldo sua sexualidade ou inteligencia.

    ResponderExcluir
  18. Eu acho que esse tipo de preconceito é ridiculo, porque independente do lugar que a pessoa veio, ou aonde nasceu, ela tem os mesmos direitos de qualquer outro cidadão, e as pessoas tem que intender que do mesmo jeito que ela pratica esse preconceito, ela um dia pode ser vitima dele, por isso, e concerteza a pessoa vai se sentir muito mal.

    ResponderExcluir
  19. Arnaldo Zenone 1°ano29 de novembro de 2010 12:17

    Esse preconceito é difícil de ser aturado, pela gozação e discriminação, porém o que deve ser visto é que quem pratica é sempre o que mora ou é nativo do lugar pra onde o que sofre se muda. Por isso lembre-se: não faça com o outro o que não gostaria que fosse feito com você.

    ResponderExcluir

Solicitamos que:
não usem palavras de baixo calão;
não expressem opiniões preconceituosas.